Arquivo | fevereiro, 2008

American Idol

28 fev

Minha história com esse programa é um pouco de abandono. Cheguei a assistir todas as temporadas, mas via só um pouquinho aqui outro ali. A parte mais legal dele é ver as audições onde têm um monte de gente que, como eu, acha que arrassa cantando, mas é uma verdadeira droga de tão desafinado. Outro motivo que me faz ser relaxada é quando vai para a etapa de apresentações nenhum dos cantores me empolgava. Tanto que os ganhadores estão a beira do esquecimento.

Porém nessa sétima temporada há um concorrente em questão que está me tirando o fôlego. É o melhor cantor que já vi nesse programa e o que me deixa mais empolgada é que ele é melhor do que cantores de bandas famosas.

O nome é Michael Johns, australiano, 28 anos e, como eu disse, ele canta muito, mas muito bem e além de ser lindo, tesão, bonito e gostosão, também é carismático, esses que te envolve de tal maneira que você não quer mais largar. Acho que só se acontecer uma urucubaca das bravas não vai ganhar.

Vou postar dois vídeos dele cantando. O primeiro ele escolheu uma das músicas que eu creio ser a mais difícil de ser cantada. Só uma voz potente consegue executá-la. E Michael fez com maestria. Confira:

Já a segunda música ele escolheu outra difícil e não decepcionou.

Esse e o cara! Até Simon  Crowell concorda.

Hugh Laurie no Biography Channel

24 fev

Trechos da biografia de Hugh Laurie, exibido pelo Biography Channel.

Vi primeiramente este vídeo no House Brasil.com

Lost – 4×04 – Eggtown

23 fev

Antes de começar a escrever sobre esse ótimo episódio gostaria de responder a Joe que foi a primeira a comentar este ano neste blog ( parabéns 🙂 ). Bem, ela comentou no post “10 coisas que nunca vamos entender em Lost”. Joe, faço suas palavras a minha. Fiquei triste quando mandaram eles pra cova. Tudo porque não deu certo. Foi uma grande injustiça contra o Rodrigo Santoro, que é um excelente ator. Culpa dos roteiristas que não souberam aproveitar o talento dele e, claro, não souberam evoluir a história dos personagens. E olha que eles podiam ter abordado muita coisa.  Enfim é agora tarde já morreram, infelizmente.  

Valeu Joe por comentar e, por favor, se uma outra alma (sem ofensas) ler este blog, dá um “oi” pra Déia ficar feliz.

 Sem mais delongas, vamos ao que interessa.  Quando eu terminei de ver este episódio dei um sorrisão, e como não tinha ninguém em casa, falei em voz alta: “Muito bom!!! Este episódio é o melhor até agora!”. Sim é o melhor e olha que teve gente que não gostou.  Vamos aos fatos do porque desse episódio é tão bom. 

Ele é centrado em Kate, mostrando o seu futuro fora da ilha e também respondendo nossas infinitas perguntas sobre essa série. Ela foi a júri popular pelo assassinato do padrasto e por ser fugitiva, assim como todo mundo já sabe. 

kate.jpg

 O episódio começa com Locke acordando na cama que pertencia a Ben e preparando um café da manhã com dois ovos e um melão, delícia. Este maravilhoso café é para Ben que está sendo mantido preso no porão da sua agora ex-casa. Um diálogo interessante ocorre entre estes dois personagens. Locke visivelmente quer saber o que fazer agora e Ben sabe exatamente isto fazendo John não gosta nadinha. Quando ele fecha a porta do cativeiro de Ben, joga a bandeja, onde havia os ovos e o melão, contra a parede. Só faltou quando mostrou o líder dos Outros ouvindo o ataque de ira de Locke um sorrisinho sarcástico insinuando que ele pensava assim: “Que tolinho. Tá comendo na minha mão.”

 Outro ponto muito bom foi quando Kate convence Sawyer a distrair Locke enquanto ela leva Miles até Ben. Tudo para que o japinha conte que ele sabe a respeito dela.  Ela dá um minuto para Miles falar com Ben ele não enrola e diz que pode contar que Ben morreu se dar 3.2 milhões de dólares. Chantagem velha que todo malandro usa. Mas o mais estranho é como Benjamin Linus pode ser um milionário a ponto em uma semana conseguir essa fortuna. O que esse cara faz fora dessa ilha? Será que o trabalho de veterinário dá isso tudo? Se for isso vou contar pra minha irmã que faz veterinária que ela vai ser a mais nova rica da família e que não é pra esquecer da irmã casula. Brincadeiras a parte, é muito estranho. Tomara que até o fim desta temporada mostre da onde vem o money 

Locke descobriu e não gostou nadinha que foi passado para trás. Fazendo-o se tornar um capitão Nascimento e metendo uma granada na boca do Miles que ficou desesperado. Essa parte foi show.

miles.jpg

Cuidado Miles pra não abrir a boca, senão BUM! Vai virá sushi 

Nos flashes do futuro da Kate o julgamento tá rolando solto. Que entre a próxima testemunha dr. Jack Shephard.  

jacke.jpg

Nesta parte temos muitas, mas muitas respostas. E estas respostas mostram que eles saíram da ilha por mentirem. Porque já haviam encontrado o avião. A história pra boi dormir que Jack conta no seu testemunho é que somente 8 passageiros sobreviveram. Eles caíram no mar e nadaram até uma ilha próxima. Porém sabemos que somente 6 estão fora da ilha, então dois morreram e, infelizmente não foi dito quem são. Isso me leva a crer que eles não foram resgatados pelo tal pessoal do cargueiro e sim os pontos ligam com o episódio anterior onde vemos Sayid trabalhar para Ben. Então tá na cara que Ben deu os 3.2 milhões de dólares ao Miles e fez um acordão com os sobreviventes. Só que isso é só teoria e não sei o que se passa nas cabeças criativas dos roteiristas.  

Por fim, Kate durante os flashes do futuro menciona que ela tem um filho. Ela consegue se livrar da prisão sendo que permanecerá em condicional por 10 anos e não poderá sair do Estado, que creio ser a Califórnia. Achou moleza e aceitou na hora. Quando estava saindo pelos fundos do tribunal encontra nada mais do que Jack. Que a convida para tomar um café, porém ela só aceita no dia que ele for visitar seu filho. Pára tudo. O que ele tem a ver com a criança, será que é pai? Outra pergunta que deve ser respondida. Momento espanto do episódio foi quando ela vai para casa e segue para o quarto do tal filho. Um menino loiro, bonitinho que quando vi achei que era filho do Sawyer, porém ela o chama de Aaron que é o mesmo nome do filho da Claire. Mas que isso? Será que Claire morreu me pediu para a Kate cuidar?  

aaron.jpg

Só saberemos nos próximos capítulos da novela Lost. Não perca!      

CSI – GSR Retrospective

22 fev

Feito pela prórpia CBS. Merecido reconhecimento!

*******************************************************

Mais a noite eu venho postar sobre o excelente quarto episódio de Lost.

Aguardem…. se alguém lê isso.

Lost – 4×03 – The Economist

17 fev

O terceiro episódio da quarta temporada de Lost começou bem. Revelando que no futuro Sayid se torna um matador. Também sabemos que ele é um dos Oceanic Six. Que além dele também sairam da ilha Jack, Kate e Hurley faltando ser revelado mais dois.

800px-4x03_sayidff_shooting.jpg 

Porém nem os flashforward (flashes do futuro) e as cenas da ilha fizeram esse episódio ser melhor do que os dois primeiros. Muitas cenas se tornaram clichês e chatas tendo só algumas exceções como à experiência do Dan Faraday em que mostra a diferença de tempo entre a Ilha e o mundo “exterior”, sendo de 31 minutos.

time.png

time2.png

Outro ponto alto foi que Hurley não é tão inocente e inofensivo que pensávamos. Ele fingiu que Locke o amarrou e o deixou para trás quando Sayid, Kate e Miles vão para a vila dos Outros atrás de Charlote. Enquanto Kate olhava o quarto que pertencia a Ben, Sayid encontra um esconderijo atrás de uma estante. Revelando que Benjamin Linus mantém uma vida fora da ilha.

pass.jpg

Lá Sayid encontra roupas, dinheiro e passaportes de várias nacionalidades incluído a brasileira. Infelizmente a equipe de cenografia desta série pecou no passaporte brasileiro. Reutilizaram o passaporte que o personagem Paulo (Rodrigo Santoro) usou no episódio Exposé da terceira temporada. Que já era de conhecimento de todos que continha um erro. Está no “Brasil” que no passaporte da cena está escrito República Federativa do Brazil. Sim tem um Z em vez do S. Além que vemos um outro erro, PASSPORT, onde deveria ser PASSAPORTE.

pass2.jpg

Por fim se fosse para escolher a melhor cena deste episódio seria com toda a certeza o final. No futuro Sayid está trabalhando, na verdade matando, para Benjamin Linus. Tudo para que os que estão na ilha sejam protegidos.

Good!

Isto é espantoso, porque neste mesmo episódio Sayid quando vai tentar buscar a Charlote na vila dos Outros é pego por Locke e posto preso junto com Ben. Locke aparece e diz que Ben tem um informante no tal cargueiro o mesmo que diz salvar os passageiros do vôo 815.  Sayid diz que no dia que começar a confiar no Ben ele vendeu a alma ao diabo. E não é que ele vendeu?

__________________________________________

Michael Emerson que interpreta o Benjamin Linus, nesta temporada está aparecendo poucas vezes, mas todas as vezes que ele dar seu ar enigmático dá um show. Tanto que eu não consigo ter antipatia com este vilão. Michael interpreta tão bem que está me fazendo torcer por seu personagem. E aposto minhas fichas que no final Ben vai ter razão quando disse lá no final da segunda temporada que eles – os Outros – são os mocinhos.

Palmas para o Michael Emerson que está ao lado de William Petersen (o Grissom de CSI) e Hugh Laurie (o dr. House) como meus atores preferidos.

  

Hablamos español?

12 fev

Semana passada li que o canal Sony estava dublando a reprise Grey’s Anatomy que passa ao meio-dia. Hoje fui conferir e o que vejo, melhor, ouço? A série dublada em espanhol. Minha mãe olhou e disse: “Tá parecendo novela mexicana.”

Mas a pergunta que não quer calar: Sony vai começar a dublar suas série igual fez a Fox? Espero que não.

Estréias em Série

11 fev

Produções interrompidas pela greve dos roteiristas chegam à TV paga a partir de hoje

Quem não tem cão caça com gato. Afetadas pela greve dos roteiristas as novas temporadas das séries norte-americanas vão deixar muito telespectador na mão. O impasse, que durou três meses e terminou quinta-feira, provocou a interrupção de temporadas pela falta de capítulo ou, pior ainda, nem chegaram a ser iniciadas. Resultado: muita reprise no ar. Mesmo assim, fevereiro traz algumas novidades.

Dos canais especializados em séries, o AXN está em vantagem. São duas inéditas que estréiam amanhã (confira tabela à direita) e mais a chegada da vencedora franquia CSI, que deixou o canal Sony no ano passado. Os investigadores de Las Vegas, Nova York e Miami estréiam na nova casa com capítulos inéditos.

Por aqui, ainda há uma sobrevida a partir de fevereiro, com diversas novas temporadas estreando na TV paga. Dos canais especializados em séries, o AXN está em vantagem, com duas inéditas em fevereiro – Dirty Sexy Money e Damages, esta última mais uma história de advogados e tribunais, que garantiu o Globo de Ouro de melhor atriz dramática à veterana Glenn Close.

Maior sucesso do gênero no país, Lost engata o quarto ano de mistério no AXN apenas em março. Nos EUA, os oito episódios da quarta temporada (16 haviam sido previstos, mas a greve acabou reduzindo-os pela metade) começaram a ser apresentados dia 31 de janeiro. Na Globo, o terceiro ano da série passa a ser exibido, dublado, a partir de 26.

Outras séries que devem vir pela metade deste ano são Greys Anatomy e Desperate Housewives, ambas no Sony. O drama dos médicos de Seattle Grace deve esquentar com a entrada de novos atores, como Joshua Jackson (conhecido pelo papel de Pacey no finado Dawsons Creek).

Pior mesmo é a perspectiva de séries que nem devem ver o set de produção em 2008. Caso da eletrizante 24 Horas e o anti-herói mais badalado da TV, o superagente Jack Bauer (Kiefer Sutherland). Nos EUA, a sétima temporada deveria ter entrado no ar no início de 2008, mas, como só oito dos 24 capítulos tinham ficado prontos até o início da greve, o seriado em tempo real pode voltar ao ar apenas em 2009.

O que vai estrear
Amanhã
– Damages (AXN, 21h)
Glenn Close larga os filmes meia-boca que vinha fazendo nos últimos tempos para viver a chefe de um escritório de advocacia que não mede esforços para colocar o ex-CEO de uma empresa atrás das grades. A atuação lhe rendeu há duas semanas o Globo de Ouro de atriz em série dramática
– Dirty Sexy Money (AXN, 20h)
Recebida com entusiasmo pela crítica dos EUA, a série protagonizada por Peter Krause (de A Sete Palmos) acompanha as dificuldades de um advogado em atender o clã milionário dos Darlings, que tem de tudo: junkie, dublê de atriz, pastor com filho bastardo e promotor dado a joguetes sexuais
O que vai voltar
Hoje
– Greys Anatomy – 4ª temporada (Sony, 22h)
– CSI – 8ª temporada (AXN, 20h)
Quarta-feira
– Las Vegas – 5ª temporada(AXN, 20h)
– CSI: Miami – 6ª temporada (AXN, às 21h)
– Desperate Housewives – 4ª temporada (Sony, 22h)
Quinta-feira
– CSI: NY – 4ª temporada (AXN, 20h)
– Law & Order: Criminal Intent – 7ª temporada (AXN, 21h)
Sexta-feira
– Criminal Minds – 3ª temporada (AXN, 20h)
– NCIS – 5ª temporada (AXN, 21h)
Dia 25
– Shark – 2ª temporada (Fox, 21h)
O que ficou para março
– Lost – 4ª temporada (AXN, dia 3, 21h)
Mortes e encontros românticos estão previstos neste ano, assim como mais mistérios para os fãs tentarem desvendar. Em flashbacks e “flashforwards” – flashs que mostram o futuro – , descobre-se que seis pessoas deixaram a ilha. Pessoas que estavam meio sumidas também voltarão à série.
– Greek – estréia (Universal, dia 19, 23h)
– Monk – 6ª temporada
(Universal, dia 23, 19h)

Fonte: Jornal de Santa Catarina

******************

Para mim a série mais aguardada hoje é CSI. Já baixei todos os episódios dessa 8ª temporada, mas o que tá me deixando ansiosa é que às 19h a AXN vai passar um especial com entrevista com os atores e isso eu não perco por nada.